Mutirão de triagem para cirurgias eletivas acontecerá até o dia 02 de junho

Em decorrência da demanda espontânea ocorrida durante o primeiro dia do mutirão de triagem para cirurgias eletivas, o prefeito de Alagoinhas Joaquim Neto resolveu aumentar o serviço, estendendo até o dia 02 de junho as ações que acontecem no Estádio Carneirão. A expectativa de atendimentos para os 03 dias era de 1.200 pacientes, porém, o município realizou cadastro de 1300 pacientes antes do mutirão, e durante a segunda-feira (30) muitos pacientes procuraram pelo serviço em demanda espontânea. “O prefeito Joaquim Neto e a secretária de saúde, Laína Passos, determinaram a ampliação de mais um dia de triagem que acontecerá no dia 02 de junho. Para a senhora Maria Aparecida, uma das pacientes que realizará cirurgia eletiva através da rede pública, a ação é extraordinária. Ela conta que existem necessidades da população que esse mutirão irá suprir. “Essa atitude vai favorecer muitas pessoas que tem dificuldade para realizar cirurgias. Tem sido uma ação muito linda, muito organizada, muito respeitosa com a população. A gente passa por uma triagem, pega uma senha, tem muitas pessoas para atender, muitos funcionários, por isso eu avalio como positivo”, explica. Dona Maria conta que já vem tentando há bastante tempo realizar a cirurgia, mas que devido a pandemia não conseguiu. “Tenho todos os exames na mão, mas devido a pandemia eu não consegui pois foram suspensas as cirurgias eletivas. Agora com esse mutirão, com essa abordagem, com os profissionais de saúde eu sei que vai dar certo”, comemora a paciente. Maria Celestina, de 40 anos, também esteve presente durante a triagem e destacou a importância da ação da Prefeitura de Alagoinhas. “Está sendo muito boa. Tem muitos anos que a gente corra atrás dessas cirurgias e não consegue porque muitas não tem condições de pagar. Mas com essa iniciativa, agora vou conseguir fazer, com fé em Deus”, comenta. O mutirão de triagem é a primeira etapa para zerar a fila e resolver a demanda reprimida da cidade. As especialidades médicas ofertadas para essa primeira etapa serão: cirurgias gerais de vesícula e hérnia, onde o paciente deverá procurar seus postos de saúde para serem avaliados. Na área de ginecologia com as cirurgias de laqueadura tubária ou ligadura das trompas para mulheres que tem 25 anos de idade ou mais e que tiverem mais de um filho, e a cirurgia de colpoperineoplastia ou plástica vaginal, cirurgia de histerectomia por mioma. Também será ofertada a cirurgia de vasectomia. Na segunda fase do projeto também será ofertado o serviço de retirada de nódulos de tireóide (para aqueles que tem indicação médica e precisam fazer uma punção para saber se tem indicação de retirar a glândula tireoide), e também cirurgias de hemorróida. Confira mais imagens:

CONVERSATION

0 Post a Comment:

Postar um comentário