Blitz da Cidadania debate o capacitismo: a desvalorização e desqualificação das pessoas com deficiência

A importância do combate ao capacitismo foi tema de mais uma Blitz da Cidadania realizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS). O evento aconteceu na noite de segunda-feira (30), no Auditório da Faculdade Santíssimo Sacramento, com a presença de representantes das instituições que trabalham com pessoas com deficiência e a participação dos universitários na plateia. De acordo com o secretário da pasta Rui Costa Brito, “a Blitz da Cidadania é um apanhado de ações da Coordenação de Diversidade Social, que traz visibilidade e discussões de temas relacionados à Diversidade Social do município (pessoas com deficiência, idosas e comunidade LGBTQIAPN+)”. Nessa edição, foram abordados os impactos do capacitisimo em todas as esferas da vida profissional e social das pessoas com deficiência, incluindo as violências simbólicas decorrentes dessa prática. Foto: Roberto Fonseca Para quem não conhece o termo, o capacitismo consiste na desvalorização e desqualificação das pessoas com deficiência com base no preconceito em relação à sua capacidade corporal e/ou cognitiva. Compuseram a mesa solene que debateu o tema, a Diretora do AMEEI (Centro de Atendimento Multidisciplinar Especializado em Inclusão) Emilia Libório, o Diretor de Direitos Humanos da SEMAS Edlam Souza e a Pessoa com Deficiência Visual Deisa Caldas, Licenciada em Letras pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). A Associação Pestalozzi também contou com representação na atividade. Na palestra magna, proferida por Deise Caldas, ela compartilhou suas vivências, sobretudo os desafios enfrentados na perspectiva de combater o capacitismo e tornar a sociedade mais inclusiva. “Como estratégia de desconstrução, frases capacitistas usadas no cotidiano foram apresentadas, a fim de gerar reflexões no público, que reagiu com uma participação intensa”, relatou a Coordenação de Diversidade Social da SEMAS Luciana Mendes. Fotos: Roberto Fonseca

CONVERSATION

0 Post a Comment:

Postar um comentário