Prefeitura faz alerta sobre a importância de vacinar as crianças contra a COVID-19

 

No dia 15 de janeiro, Alagoinhas iniciou a vacinação infantil contra a Covid-19, com o objetivo de imunizar as crianças com idade entre 5 a 11 anos. A chegada de novas variantes como a ômicron, que tem alto poder de contágio, faz das crianças ainda não vacinadas um grupo com maior risco de infecção, e por isso, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), alerta os adultos que a imunização desse público é imprescindível para protegê-las das formas graves da doença- que podem levar à morte – e evitar novas ondas de transmissão.

Desde o início da imunização desta faixa etária, já foram aplicadas 5.537  doses. A vacinação para esse público começou restrita a crianças com comorbidades, deficiência permanente, indígenas ou quilombolas e acamadas ou com mobilidade reduzida de 5 a 11 anos, completos até a data da vacinação.

Nas semanas seguintes, o público foi gradativamente ampliado e, na manhã deste sábado (12), a prefeitura realizou um mutirão para aplicar as doses das vacinas em crianças de 5 anos. A iniciativa, que ocorreu no Carneirão, contou com música, palhaços e atividades lúdicas para receber os pequenos e pequenas. Os imunizantes utilizados para a imunização das crianças são a Pfizer pediátrica (5 a 11 anos)  e a Coronavac ( 6 a 11 anos).

Mas de acordo com a secretária municipal de Saúde, Laína Passos, a cobertura vacinal para este público está abaixo do esperado. Ela atribui esse cenário ao receio dos pais e alerta sobre o desserviço prestado pelas campanhas de desinformação que ganharam força na vacinação infantil.

“ A vacina é segura, eficaz, e é muito importante a conscientização de todos sobre a importância da criação dessa barreira imunológica para as nossas crianças. A situação é de muita atenção, e além da vacina, os adultos também têm a responsabilidade de garantir que esse grupo continue seguindo todos os protocolos de segurança, como uso de máscaras, higienização das mãos, e evitar aglomerações”, frisou a secretária.

 

A vacinação pediátrica está em andamento no município, e as datas são divulgadas durante a semana, nos canais oficiais da prefeitura. E para as crianças com comorbidades que ainda não receberam a primeira dose,  é necessário o cadastro, que segue sendo feito na Central de Imunização ( em frente ao antigo Samu), de segunda à sexta-feira, das 08h às 12h e das 13h às 16h. Os pais e /ou responsáveis devem apresentar cópias dos relatórios médicos, RG da criança e do responsável.

Vacinação nesta segunda será para a terceira dose

Nesta segunda – feira (14), haverá a aplicação da terceira dose para pessoas vacinadas com segunda até o dia 30 de setembro.

A vacinação acontece no Estádio Carneirão, das 15h às 17h. Documentação necessária: RG, CPF ou cartão SUS e o Cartão de Vacina.

Fotos: Roberto Fonseca – SECOM

 


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem