Prefeitura esclarece sobre contrato com a Associação de Carroceiros de Alagoinhas

Acerca de postagens em redes sociais, bem como uma matéria veiculada no site “Municípios Agora” sobre o contrato com a Associação de Carroceiros de Alagoinhas para coleta de resíduos domiciliares nos locais de difícil acesso, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SESEP), informa que trata-se de renovação anual de um contrato firmado entre o poder público municipal e a referida associação, há mais de 20 anos, e que seguiu sendo renovado durante as sucessivas gestões. O valor atual do contrato é de R$ 755.336.00 por ano. A associação, fundada há 22 anos, é composta por 50 associados que recebem um salário mínimo por mês para garantir o sustento de suas famílias, e o fato de todos serem cadastrados como Micro Empreendedor Individual (MEI) possibilita o recolhimento previdenciário, para que possam se aposentar. Contudo, atenta às demandas relativas à causa animal, a Prefeitura ressalta que tem trabalhado no estudo de alternativas para a substituição gradativa dos veículos de tração animal utilizados para auxílio na coleta de lixo, por outros meios. “O objetivo é oferecer soluções adequadas que propiciem condições para que os condutores, que muitas vezes já trabalham com os cavalos há décadas, e que em sua maioria não possui escolaridade, tenham outra ocupação que garanta renda para as suas famílias ”, destacou o secretário da SESEP, Roberto Torres.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem