Três PMs são presos quando tentavam vender uma submetralhadora artesanal no bairro do Barbalho

 

Foto: leitor/Aratu On

Três soldados da Polícia Militar, lotados na 2ª Companhia Independente (CIPM/Barbalho), foram presos, em flagrante, na tarde de terça-feira (25/1), por PMs da Operação Apolo, por negociarem a venda de uma submetralhadora de produção artesanal, no bairro do Barbalho, em Salvador.

A PM informou que a guarnição recebeu a denúncia de suposta venda de armamento e iniciou o acompanhamento. No momento do flagrante, um dos acusados estava com a submetralhadora no próprio veículo e, durante a abordagem, confessou o destino da arma de fogo e das munições.

Ainda de acordo com a PM, os três policiais militares foram conduzidos à Corregedoria da Corporação, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante e estão custodiados na Coordenadoria de Custódia Provisória (CCP), em Lauro de Freitas.

Será instaurado um Inquérito Policial Militar (IPM), que apura na esfera penal, e um Processo Administrativo Disciplinar (PAD), que pode resultar na exclusão dos militares das fileiras da corporação.

Fonte: Aratu On

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem