Maior fabricante de piscinas do mundo constrói sede própria em Alagoinhas, garantindo empregabilidade de 450 pessoas no estado

 

Divulgação

Devido aos resultados positivos da fábrica de piscinas IGUI, em Alagoinhas, a empresa que funcionava em um galpão alugado, decidiu construir uma sede própria no município, no valor de 5 milhões de reais, às margens da BR 101 . O prefeito Joaquim Neto, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente Bruno Fagundes e o subsecretário de Governo André Barros visitaram as novas instalações, nesta quinta-feira (23), onde foram recepcionados pelos sócios Christian Coelho e Bruno Januário.

“Com a construção da sede própria, pudemos ter a garantia de que as 450 pessoas que a empresa emprega no estado terão seus empregos mantidos, dando segurança às famílias nesse final de ano”, declarou o prefeito Joaquim Neto. Ainda segundo o gestor, a decisão da IGUI revela que Alagoinhas tem se tornado cada vez mais atrativa para novos investimentos, o que se demonstra na chegada da fábrica de refrigerantes Dore e na vinda da Arezzo.co, assim como na ampliação da Heineken, Itaipava e Ardagh.

A IGUI é responsável por fornecer piscinas pré-fabricadas aos estados da Bahia, Sergipe e Pernambuco, com 50 postos de vendas. Em média, são produzidas, na nova fábrica,  500 piscinas por mês, podendo chegar a seiscentas, a depender do ritmo de produção.

Presente em 55 países, a IGUI é a maior fabricante de piscinas de fibra do mundo. Em Alagoinhas, a estimativa de novos investimentos gira em torno de 10 milhões de reais para os próximos 3 anos.

“Foi com enorme satisfação que nós recebemos o prefeito Joaquim na nossa nova sede, que está funcionando há 1 mês e meio. Temos muito a agradecer a Alagoinhas por toda a receptividade e toda a força que nos deu. Nós continuamos instalando novos pontos de distribuição e vendas por todo o estado, por isso a nossa tendência é crescer cada vez mais”, declarou Christian Coelho, sócio administrador comercial da empresa.

 

 


CONVERSATION

0 Post a Comment:

Postar um comentário