Rádio Vida FM 105,9

 

Alagoinhas marca presença no lançamento do plano de retomada do turismo na Bahia

 

Divulgação

Com abertura da orquestra de berimbaus, que entoou o Hino da Bahia, na voz de Tonho Matéria, foi dada a largada para a retomada oficial do turismo na Bahia. Alagoinhas foi representada pela secretária de Cultura, Esporte e Turismo Iraci Gama, no evento que aconteceu nesta segunda-feira (27), no hotel Fiesta, em Salvador, com a presença de prefeitos, prefeitas, secretários e secretárias de todas as 13 zonas de turismo no estado, além da representação do SEBRAE e de empresários do Trade Turístico baiano.

O lançamento do plano Viva Turismo Bahia celebrou dois termos de cooperação técnica da Secretaria de Turismo. Um com a de Cultura e outro com a de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte. O propósito
é  realizar ações integradas para otimizar os recursos públicos e unir forças na retomada do setor que mais foi prejudicado com a pandemia.

A Bahia possui  52 atividades com caraterísticas turísticas. Para o secretário de Turismo do Estado, Maurício Bacelar, “nosso maior patrimônio é o nosso povo acolhedor e hospitaleiro, que é o que mais atrai turistas para a Bahia”.

“A pandemia se espalhou pelo mundo inteiro e afetou fortemente a atividade econômica do nosso planeta. No setor turístico, ela foi ainda mais perversa”, continuou o secretário, que elogiou a logística do governo do Estado e prefeituras no avanço da vacinação contra a Covid-19. Segundo uma pesquisa encomendada pela SETUR, 30,9% das empresas desligaram seus colaboradores entre janeiro e julho de 2021, e 29,1%  das empresas declararam ter interrompido suas atividades.

Para a secretária de Cultura, Esporte e Turismo Iraci Gama, “é preciso que o turismo seja retomado para que as pessoas respirem um novo ar. Sem ter a sobrevivência fica difícil pensar em viver”.

“Já podemos ver uma luz no fim do túnel. Com todos os cuidados, as pessoas querem voltar a viajar e a Bahia é o destino mais desejado pelos brasileiros no pós-pandemia”, disse o secretário.

As minúncias do plano foram apresentadas pelo Superintendente de Serviços Turísticos do Estado da Bahia, o alagoinhense João Henrique Paolilo.  Nas suas palavras, “Alagoinhas é uma cidade que se tornou turística em 2017. Nossa ideia, tanto da prefeitura, quanto da secretaria de Turismo do Estado, é alavancar o potencial do município, sobretudo, devido à qualidade da água, que é a segunda melhor do mundo”.

Os quatro pilares da retomada são: biossegurança (implementação de um protocolo de segurança sanitária); qualificação da mão de obra turística, de empresários e gestores públicos; e investimentos em infraestrutura.

Conforme informou a secretária Iraci Gama, reuniões tem sido realizadas no sentido de desenvolver o turismo cervejeiro, além de fomentar atividades de turismo cultural em Alagoinhas, que subiu do nível C para o B, em 2019, na escala do governo.”A gente sabe a grande importância do turismo para a economia. A geração de emprego e renda acontece tanto nos eventos cotidianos como nos esporádicos. Nós conhecemos pessoas que têm barraca e que se programam para, durante um determinado período – de festas natalinas, por exemplo – fazerem um é de meia e com isso acumulam recursos para passar o resto do ano. É preciso que o turismo seja retomado para que as pessoas respirem um novo ar. Sem ter a sobrevivência fica difícil pensar em viver”.

 

 


FALA ALAGOINHAS NEWS

Postar um comentário

0 Comentários