Governo do Estado investe em infraestrutura, mobilidade e saúde na região Baixo Sul da Bahia

Governo do Estado investe em infraestrutura, mobilidade e saúde na região Baixo Sul da Bahia Foto: Camila Souza/ GOVBA Com previsão de conclusão das obras em julho de 2022, o novo Receptivo do Atracadouro da Baía de Camamu é um importante equipamento para o deslocamento marítimo no estado. A obra recebeu investimento de R$ 331 mil do Governo do Estado e compõe uma série de melhorias realizadas na região do Baixo Sul baiano. Executadas pela Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), as intervenções de requalificação das estradas da região beneficiam turistas e moradores das localidades, com obras que, ao todo, ultrapassam R$ 175 milhões em recursos. Composta pelos municípios de Aratuípe, Cairu, Camamu, Gandu, Igrapiúna, Ituberá, Jaguaripe, Nilo Peçanha, Piraí do Norte, Presidente Tancredo Neves, Taperoá, Teolândia, Valença e Wenceslau Guimarães, a região Baixo Sul tem diversos atrativos turísticos como praias, trilhas e cachoeiras. Os investimentos realizados nas rodovias visam proporcionar segurança viária para moradores e visitantes. Já as intervenções hidroviárias trazem mais conforto e viabilizam o aumento do fluxo de passageiros. Recuperação de rodovias “Dentre os investimentos realizados na região, destacamos a recuperação total do trecho da BA-001, saindo de Nazaré, passando por Valença, Camamu e Itacaré, indo até Ilhéus, só esse trecho somam 220 quilômetros de extensão”, enumera o secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, em referência aos perímetros que fazem parte do Programa de Recuperação e Manutenção das Rodovias Baianas (Premar), cujo contrato tem duração de cinco anos, incluindo recuperação e manutenção. Foto: Mateus Pereira/GOVBA “Outras intervenções importantes estão sendo realizadas em Gandu e Ibirataia, onde estamos praticamente reconstruindo a rodovia”, completa o gestor da pasta, que ainda atua nas construções de estradas que alcançam o povoado de Itiúba, em Taperoá, com investimento de R$ 13 milhões, em um trecho de 15 quilômetros, na BA-544. Mais intervenções estão em andamento na BA-066/BA-001, no entroncamento de Aratuípe até Maragogipinho, permitindo o escoamento do artesanato produzido pelo polo cerâmico da localidade. Além da implantação de travessia urbana em Teolândia, onde foram investidos mais R$ 1,9 milhão, pelo Governo da Bahia. Acostumado a se deslocar entre o povoado de Itiúba e a cidade de Taperoá, o motorista de caminhão João Borges, comemorou a intervenção na BA-544. “A gente já vinha na estrada imaginando chegar nesse trecho até a entrada da cidade, porque não tinha amortecedor de carro que aguentasse. E, graças a Deus, agora estamos andando de boa”, contou Borges. Laurenildo Santos, que também trabalha como motorista, diz estar ansioso para a conclusão da recuperação da BA-120. “Com a chuva a situação da via piorou e agora com a recuperação vai melhorar muito, não só para a cidade de Gandu, mas para a região toda, até o acesso à Ibirataia”, perseverou. Aeroporto Com previsão de início para o segundo semestre de 2022, o Aeroporto de Valença passará por requalificação e será beneficiado com mais segurança para o embarque e desembarque de passageiros. Atualmente, o equipamento recebe voos da aviação geral, de táxis aéreos, e tem previsão de retomar os voos regulares, após o investimento de R$ 1,2 milhão. Foto: Alberto Coutinho/GOVBA Saúde Entre 2007 e 2022, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) investiu mais de R$ 33 milhões na qualificação do atendimento em saúde para a população do Baixo Sul. Os investimentos incluem a aquisição de equipamentos, imóveis e ambulâncias, além da realização de obras entregues na região. Dentre as implantações, destaque para a Policlínica de Valença, que aplicou R$ 22,6 milhões na construção e na implantação de aparelhos e equipamentos. Outra aplicação de recurso foi para a Santa Casa de Valença, que recebeu R$1,1 milhão para melhorias. Repórter: Laís Nascimento

CONVERSATION

0 Post a Comment:

Postar um comentário